39ª FESTA DO PADROEIRO

Tríduo: 24 a 26 de julho, na Matriz
Procissão Luminosa: 27 de julho, às 18h30min
Procissão Motorizada: 28 de julho, saindo da Comunidade Aparecida, às 9h
Missa Solene: 10h30min, na Matriz
Almoço: 12h e, após, festejos populares

 

ALMOÇO, 28 DE JULHO

Convite: R$ 45,00
Cardápio: carnes diversas, arroz e saladas diversas.
Local: Salão Paroquial da Paróquia São Cristóvão.
Rua Osmindo Kuhn, 439 - Parque Santa Fé
Observação: trazer talhares e serviremos, também, para levar.

Segunda, 20 Março 2017 23:42

O silêncio de São José

Percebemos ser necessário o silêncio contemplativo

É muito fácil falar de São José. Entre todos os santos, José é o maior depois de Maria. Desde muito pequeno, sempre fui devoto de São José, e o que me seduz nele, e chega a provocar certa inquietação, é seu silêncio.

Certamente, ele tinha muito a dizer, a contar, ensinar, revelar, mas não é possível encontrar uma palavra dita por ele nos Evangelhos. Não é intrigante esse silêncio de São José? Hoje, porém, percebemos ser necessário esse silêncio contemplativo: recolher-nos e mergulhar na profundidade de Deus.

Ficar em silêncio não é calar-se, mas sim ser contemplativo na ação. Esse silêncio é essencial para nós que vivemos na loucura desenfreada da palavra e, se o temermos, nós nos tornaremos sempre mais vazios.

São José foi um “homem justo” na retidão, na fidelidade, na intimidade com Deus, e hoje falta no mundo homens como ele.

Homens de grandeza de alma, de integridade e caráter. Não seria o silêncio uma solução para nós? Deus quer falar conosco nas coisas simples e, se quisermos ouvir a Sua voz, precisamos estar atentos a todo movimento do Céu.





 

 

 

 

CRECI-RS 36.268 - 99997.1357
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
www.adrianaimoveisrs.com.br
Av. Delmar Rocha Barbosa, 271
Fone: 51 3085.1357

 

Atendimento: (51) 3573 2389
Avenida Protásio Alves, 1741
Porto Alegre - RS